SÍNDROME DE BURNOUT EM ESTUDANTES DA ÁREA DA SAÚDE

Autores

  • Emanuele Janoca Franca Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA
  • Izabela Teixeira Melo Camurça Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA
  • Lucas Souza de Melo Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA
  • Miguel Cazura Ferreira Soares Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA
  • Ana Liz Souza Calixto Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA
  • Leticia Telles Novais Ruiz Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA
  • Helton Delgado Camurça Lima Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

DOI:

https://doi.org/10.37157/fimca.v8i3.418

Palavras-chave:

Burnout, saúde mental, estudantes da área da saúde

Resumo

Introdução: Síndrome de Burnout (SB) é caracterizada pela exaustão emocional, despolarização e diminuição da realização pessoal, o qual pode ser originada nos estudantes da área da saúde. Objetivo: O objetivo deste estudo é determinar os fatores contribuintes para o aparecimento da síndrome de burnout e suas consequências para os estudantes na área da saúde. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura integrativa de forma quantitativa por buscas de artigos nos idiomas inglês, espanhol e português em periódicos no PubMed, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Scientific Electronic Library Online no período de 2016 a 2021. Tem como fator de inclusão: acadêmicos da área da saúde e maior faixa etária. Resultados: Foram selecionados 15 artigos nos quais abordam como principais fatores predisponentes para a SB: idade, gênero, semestre do curso, carga horária de estudo, estresse e insatisfação com o curso. Nesse enfoque os 15 artigos descrevem que o estresse, a ansiedade e a depressão são fatores de risco que podem levar a esta síndrome. Sendo que o fator estresse tende a aumentar conforme o semestre do curso e a excessiva carga horária de estudo. Além disso, dentre os estudantes da área da saúde, os acadêmicos de medicina apresentaram ser mais susceptíveis a desenvolver a SB devido a maior vulnerabilidade e exposição aos fatores de risco quando comparados com outros acadêmicos de outros cursos, apresentando prevalência de 10,3% a 53%. Concomitante a isso, 13 estudos afimam que há uma maior predisposição para o sexo feminino. Mediante a análise dos estudos evidenciou que a ideação suicida é a maior consequência entre os acadêmicos portadores de SB com relação causal direta à mortalidade de profissionais da área da saúde, além de outras consequências a serem mencionadas como Diminuição do desempenho acadêmico, Alcoolismo, Abuso de substâncias, Transtornos de sono, Transtornos cardiovasculares, comprometimento nas relações sociais e pessoais, assim como o abandono do curso de graduação. Conclusão: Visto as consequências da SB e a incidência nos acadêmicos da saúde, é necessária a prevenção desta síndrome com acompanhamento com psicólogos e psiquiatras caso tenham alguns dos fatores de risco predisponentes.

Biografia do Autor

Emanuele Janoca Franca, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Acadêmica do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Izabela Teixeira Melo Camurça, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Acadêmica do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Lucas Souza de Melo, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Acadêmico do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Miguel Cazura Ferreira Soares, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Acadêmicos do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Ana Liz Souza Calixto, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Acadêmica do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Leticia Telles Novais Ruiz, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Acadêmica do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Helton Delgado Camurça Lima, Centro Universitário Aparício Carvalho - FIMCA

Médico, Pós-Graduado em Medicina Intensiva pelo Sírio Libanês- São Paulo, Docente do curso de Medicina do Centro Universitário Aparício Carvalho (FIMCA)

Publicado

2022-05-17

Como Citar

Franca, E. J., Camurça, I. T. M., Melo, L. S. de, Soares, M. C. F., Calixto, A. L. S., Ruiz, L. T. N., & Lima, H. D. C. (2022). SÍNDROME DE BURNOUT EM ESTUDANTES DA ÁREA DA SAÚDE. REVISTA FIMCA, 8(3), XVII. https://doi.org/10.37157/fimca.v8i3.418

Edição

Seção

Resumos de Eventos / Conference Abstract